quarta-feira, 6 de junho de 2012

ENCONTRO COM UM MESTRE NORDESTINO


Uma manhã de junho -  mês em que nossas raízes musicais voltam à tona - e tenho a oportunidade de conversar com uma figura simbólica de nossa tradição.

Em João Pessoa para um show com a Orquestra Sinfônica jovem da Paraíba, Dominguinhos foi ao estúdio da rádio CBN para uma entrevista à jornalista Edileide Vilaça. Além da conversa - que passou pelas histórias com Luiz Gonzaga, pela invasão do forró estilizado, pela música de duplo sentido e pelos parceiros musicais - o mestre tocou seu acordeom e cantou para os ouvintes.

Em Dominguinhos surpreende a simplicidade. À despeito de ser uma lenda viva, de ser um dos maiores músicos do Brasil e de ter como parceiros outros gigantes como Gilberto Gil e Chico Buarque, ele não perde o jeito de nordestino interiorano. Na verdade, ele traz nos genes as raízes que faz transparecer na música. Com sua maneira de ser, lembra sempre alguém que já conhecemos, parece gente da família.

Reproduzimos a seguir uma das pérolas que ele executou para os ouvintes:

video

3 comentários:

  1. Ele eh espetacular mesmo Heberth! Tive o prazer de conhece- lo ha 4 anos quando ainda estava na Campina FM

    ResponderExcluir
  2. herbet parabens pela materia ..né todo dia que encontramos o mestre dominguinhos ..meus parabens

    ResponderExcluir
  3. Essa música leva-nos à "guerra de Princesa", um fato histórico pouco conhecido por nós paraibanos. Veja-se o documentário "A princesa do sertão", produzido pela TvSenado.

    ResponderExcluir